Politica de comunicação de Dino começa ser sinônimo de fracasso .

Pelo andar da carruagem, o vexame de Rubens Júnior poderá alcançar outros comunistas em 2022

O DITO  CUJO PASSEANDO  COM SUA CACHORRINHA
“Trocando seis por meia dúzia”, “amigos dos amigos “ e “errar é humano, mas persistir no erro é burrice”. Esses são três ditos popular que  muito bem podem definir como pensa o governador Flávio Dino(PCdoB) e seus aliados.  A análise dos adágios popular nos faz compreender a insistência do mandatário estadual em adotar uma política de comunicação, cujo estilo, ao longo do tempo, começa ser sinônimo de fracasso.
Ao anunciar a recriação da Secretaria de Comunicação e quem seria o titular da pasta, o jornalista carioca Ricardo Capelli, literalmente, Dino trocou “seis por meia dúzia”. Trouxe Capelli do purgatório em Brasília, digo, da Secretaria de Representação, órgão que não tem tido nenhuma função prática para o Maranhão, exceto pagar um bom salário ao aliado escolhido para comandar o órgão para que o mesmo não morra de fome e, em contrapartida, levou para capital federal Daniel Merli,  usando como pretexto a interlocucao com à imprensa nacional.
Ocorre que, com similitudes no perfil e forma de trabalhar, ao que tudo indica, o resultado catastrófico ao qual foi submetido Rubens Júnior, deputado federal licenciado e atual secretário de Articulação Política, na disputa municipal em 2020, deverá se estender a grande maioria dos comunistas que pretendem enfrentar as urnas em 2022. Na verdade, Capelli e Merli só enxergam os grandes veículos de comunicação, tanto que ao longo desta semana, depois de ser flagrado, literalmente, puxando a cachorrinha na área da Lagoa, como se já fosse um dos sócios, Capelli foi visto pelo menos em três dias diferentes visitando as dependências do Sistema Mirante de Comunicação.
Eles esquecem que cada mercado tem suas peculiaridades e os gestores precisam respeitar. Ignoram que no Maranhão, diferente da grande maioria do País, o consumo de informação do cidadão não tem como foco a imprensa nacional. Por aqui, há tempos, quem vem dando o tom na política é a chamada mídia alternativa, também intitulada periférica, pois os grandes veículos não gostam de se comprometer, de tomar partido, já que possuem uma vasta relação de aliados para manter todos os seus parentes mamando nas tetas do poder público, exceto, quando oferecido altas cifras.
Além de tudo que já foi acima elencado, o mais grave em insistir nesse modelo de comunicação importada de outros estados ratifica, apenas, a total falta de confiança no “dren time” da imprensa que os comunistas mantém nos quatro cantos do estado. Perguntar não ofende: será que nenhum dos jornalistas  ou profissionais que acompanham o grupo desde 2014 não tem competência para exercer a função?
Oportuno ressaltar que essa análise não visa desmerecer Capelli ou Merli. De fatos ambos são grandes profissionais. Capelli, por exemplo, tem no seu currículo  15 anos de experiência na administração pública, tendo ocupado cargos de direção nos 3 níveis de governo. Destes, 7 anos atuou na formulação e execução de políticas públicas vinculadas ao esporte, contudo, um bom gestor é aquele que tem a capacidade de desenvolver um amplo modelo de trabalho, com um olhar voltado para dentro e fora, aproveitando   o estilo dos diferentes profissionais que fazem  e/ou integram um grupo que tem como objetivo um mesmo projeto de poder.

Flávio Dino defende prisão de Daniel Silveira: STF não pode ser coagido, há um evidente ataque contra a democracia

Governador do Maranhão, Flávio Dino, que também é ex-juiz, usou suas redes sociais nesta quarta-feira (17) para comentar a respeito da prisão do deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL).

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou na noite desta terça-feira (16) a prisão de Daniel depois que o bolsonarista publicou um vídeo com uma série de agressões e xingamentos a ministros do Supremo.

“Sobre prisão de deputado, importante notar que a imunidade parlamentar não é absoluta, conforme ampla jurisprudência. IMUNIDADE NÃO É IMPUNIDADE. Há um evidente ataque de milícias contra a democracia, que deve ser repelido. O STF não pode ser coagido na sua missão constitucional”, disse.

Brasil 247

MARRAPA

Prefeitos e prefeitas do país pedem saída imediata do ministro da Saúde

A Confederação Nacional de Municípios, entidade que lidera o movimento municipalista no país, está solicitando a troca de comando do Ministério da Saúde. Em nota publicada nesta terça-feira, 16, a CNM atribui a incompetência na condução da pasta o sofrimento da população brasileiras nas filas em busca da vacina contra a covid-19.

O ministro Eduardo Pazuello é alvo de inquérito que investiga responsabilidades da autoridade sanitária do país na crise de oxigênio em Manaus (AM) que resultou em mortes de centenas de pessoas.

Em algumas cidades do país, a falta de vacina provoca a campanha de imunização ainda do primeiro grupo prioritário. O ritmo de vacinação tem contribuído para aumentar ainda mais o número de infectados pela nova variante do coronavírus. A falta de informações por parte do Ministério da Saúde aos prefeitos e prefeitos vem gerando crise entre gestores e a população.

Na manifestação, a CNM cita a descrença irresponsável do Ministério da Saúde, como órgão de estado, na vacinação da população brasileira.

Nota da CNM

O movimento municipalista, por meio da Confederação Nacional de Municípios (CNM), vem a público, em nome dos gestores locais que assistem e vivem desesperadamente a angústia e o sofrimento da população que corre aos postos de saúde na busca de vacinas contra a Covid-19, manifestar sua indignação com a condução da crise sanitária pelo Ministério da Saúde e solicitar a troca de comando da pasta. A entidade tem acolhido relatos de prefeitas e prefeitos de várias partes de país, indicando a suspensão da vacinação dos grupos prioritários a partir desta semana, em consequência da interrupção da reposição das doses e da falta de previsão de novas remessas pelo Ministério.

Foram várias as tentativas de diálogo com a atual gestão do Ministério, entre pedidos de agenda e de informação. A pasta tem reiteradamente ignorado os prefeitos do Brasil, com uma total inexistência de diálogo. Seu comando não acreditou na vacinação como saída para a crise e não realizou o planejamento necessário para a aquisição de vacinas. Todas as iniciativas adotadas até aqui foram realizadas apenas como reação à pressão política e social, sem qualquer cronograma de distribuição para Estados e Municípios. Com uma postura passiva, a atual gestão não atende à expectativa da Federação brasileira, a qual deveria ter liderado, frustrando assim a população do País.

Por considerar que a vacinação é o único caminho para superar a crise sanitária e possibilitar a retomada do desenvolvimento econômico e social e por não acreditar que a atual gestão reúna as condições para conduzir este processo, o movimento municipalista entende necessária, urgente e inevitável a troca de comando da pasta para o bem dos brasileiros.

 

FAMEM

Famem reforça recomendação do Ministério Público sobre proibição de aglomerações no período carnavalesco

Em atendimento à recomendação do Ministério Público do Estado do Maranhão, as prefeituras do Estado do Maranhão devem se abster de promover quaisquer tipos de festividades ou eventos durante do Carnaval. A recomendação encaminhada pelo Procurador Geral de Justiça, Eduardo Nicolau, nesta segunda-feira, 18, está amparada em decretos federal e estadual de emergência de saúde em face da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Neste momento em que assistimos com espanto e temor o crescimento do índice de pessoas acometidas pela Covid-19 em todas as regiões do Brasil, o Maranhão deve se precaver com maior rigor nas medidas protetivas contra a Covid-19”, ressaltou o presidente da Famem, Erlanio Xavier.

No documento, o procurador estabelece prazo imediato para tomada de providências por parte dos gestores municipais e órgãos do aparelho de Segurança Pública, incluindo também as promotorias de justiça. A recomendação é de que sejam negadas licenças e autorizações para eventos em âmbito privado que possam gerar aglomerações.

Para assegurar que haja cumprimento das restrições que os gestores municipais devem adotar, o Ministério Público orienta que sejam adotadas medidas administrativas e judiciais necessárias para impedir a realização de eventos carnavalescos com aglomerações. As fiscalizações ficarão a cargo da Vigilância Sanitária das secretarias de Saúde dos municípios que em caso de descumprimento devem encaminhar informações às promotorias e Procuradoria Geral de Justiça.

A partir das informações repassadas serão tomadas medidas no âmbito criminal pela Polícia Militar e pela Polícia Civil atuante nos respectivos municípios.

MARAMAIS

Pinheiro começa vacinação contra a Covid nesta quarta-feira .

 

O prefeito de Pinheiro Luciano Genésio anunciou para esta quarta-feira (20), o início da vacinação contra a Covid-19. O primeiro lote da vacina CoronaVac chegou a Pinheiro hoje.

Segundo o prefeito Luciano Genésio, nesta primeira fase serão vacinados os profissionais de saúde que estão na linha de frenta da Covid, idosos, quilombolas e ribeirinhos com mais de 75 anos.

“Que felicidade compartilhar com vocês que o primeiro lote das vacinas contra o Coronavírus já chegou em Pinheiro! Nossas equipes de saúde já estão preparadas para iniciar a imunização dos pinheirenses a partir de amanhã (20). Nessa primeira fase, serão imunizados os profissionais da saúde que estão na linha de frente contra o vírus; pessoas acamadas; idosos, quilombolas e ribeirinhos com 75 anos ou mais, conforme o Plano de Vacinação do Município”, destacou Luciano Genésio.

MARAMAIS

Vencemos a batalha contra Brandão, desanda Erlanio

Em discurso logo após a vitória, Erlanio foi duro ao afirmar que não venceu a batalha contra Fabio Gentil, mas sim contra Carlos Brandao, que tentou bagunçar a eleição dos prefeitos.

“Essa é uma resposta dos prefeitos ao vice-governador Carlos Brandão que aproveitou as férias do governador de verdade, para tentar bagunçar com os prefeitos do Maranhão.” Disparou Erlanio.

O tom ditado por Erlanio é o início de um novo momento, que coloca Carlos Brandão como adversário direto.

“Vou chamar Fábio Gentil e todos os prefeitos que fazem parte da Famem. E pra Carlos Brandão, que tentou avacalhar com os prefeitos, o que é seu está guardado e daremos a resposta em 2022.” Cravou.

Erlanio terminou agradecemos ao governador Flávio Dino, que mesmo de férias, jamais se intrometeu na eleição da Famem.

 

https://maramais.com.br

Erlanio Xavier chega acompanhado de comitiva de prefeitos

O prefeito de Igarapé Grande e candidato à reeleição da presidência da Famem, Erlanio Xavier (PDT), mostrou força na sua chegada na entidade.

Acompanhado de dezenas de prefeito, Erlanio chegou é considerado o favorito e luta contra os “Mimos do Brandão”, que tenta cooptar prefeitos na marra.

A expectativa é de que menos de 200 prefeitos votem e de acordo com Erlanio, a vitória pode ser com diferença de 30 votos.

 

Maramais

Famem: Desespero faz Fábio Gentil plantar fake news de “desistência” de Erlânio Xavier

Sem conseguir reverter a eleição no voto, Fábio Gentil parte para fake news, e planta falsa informação de que adversário vai desistir

Só pode ser considerado um enorme desespero por parte do prefeito de Caxias, Fábio Gentil, a “plantação” de que o atual presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), irá desistir da candidatura.

Gentil plantou em blogs que Erlânio estaria “desmotivado”, sendo que desde o começo da disputa é fato que o atual presidente tem a maioria dos votos e quem corre atrás para tentar reverter é o oposicionista. A disparidade foi percebida desde o registro da candidatura quando Erlânio estava rodeado de dezenas de prefeitos e o adversário apenas de deputados sem nenhum eleitor por perto.

Ora, se Erlânio estivesse “desmotivado” e perdendo, porque é o grupo de Fábio Gentil através dos padrinhos de sua candidatura Carlos Brandão e Josimar de Maranhãozinho que segue desesperado ligando todos os dias pra prefeitos e oferecendo mundos e fundos? O natural é que quem está perdendo tente virar votos.

A verdade é que nem todas as promessas dos padrinhos de Gentil serviram para que ele revertesse a eleição e eles partiram para a última estratégia de tentar plantar uma falsa desistência. Um ato antidemocrático e desesperado.

Erlânio deve vencer a eleição de amanhã com o dobro da votação do concorrente.

 

Clodoaldo Corrêa

Weverton: Bancada do MA conseguiu o maior aporte de recursos para a infraestrutura do Brasil

O senador Weverton usou as redes sociais para destacar que a Bancada Federal do Maranhão conseguiu o maior aporte de recursos do Brasil na área da infraestrutura em 2020.

“Em quase 2 anos como senador, tenho trabalhado para garantir recursos para as rodovias do Maranhão. Os parlamentares do meu estado conseguiram viabilizar o maior aporte de recursos do Brasil, na área de infraestrura, segundo o ministro Tarcísio”, afirmou Weverton.

O ministro da infraestrutura respondeu agradecendo “o apoio que temos recebido da bancada maranhense, senador. Tem sido uma grande parceira do Governo Jair Bolsonaro para finalmente oferecer a infraestrutura de qualidade que o Maranhão merece”.

 

Marrapá

Apóstolo: “o silêncio de Braide não serve como resposta”

Candidato legítimo de Bolsonaro no Maranhão, o Apóstolo Silvio Antonio, do PRTB, cobrou resposta de Eduardo Braide a respeito da grave denúncia feita pela Folha de São Paulo à véspera do debate Ponto e Vírgula, na noite de ontem.

O veículo de imprensa nacional provou, por meio da prestigiada coluna Painel, que o candidato “disfarçado” de Bolsonaro na capital é investigado por corrupção e fraude em licitação.

“O silêncio do candidato Braide não serve como resposta”, afirmou o direitista no grupo do Marrapá no WhatsApp.

Braide, sem ter o que dizer, permanece calado e derretendo nas pesquisas.

MARRAPÁ